Remédio para dor de ouvido

4.7 (93.33%) 45 votes

remédio para dor de ouvido
Não é raro ver pessoas pesquisando por termos como remédio para dor de ouvido no Google, por isso se você chegou nesse texto devido a pesquisa por remédio para dor de ouvido não se espante, esse texto foi feito sob medida para você.

Muito comum, principalmente, em crianças, ela vem como uma queimação, pressão ou pontadas dolorosas, pode ser constante ou oscilar e pode vir só de um lado ou afetar logo os dois, estou falando dela, da terrível otalgia, mais conhecida como dor de ouvido.

Embora seja associada a problemas no aparelho auditivo, na verdade, ela pode ser um sintoma de muitas outras condições.

A dor de ouvido é tratada como um sintoma, o qual pode ter diferentes causas, desde infecções ou inflamações dentro ou fora do ouvido, diferenças na pressão dos ouvidos médio e externo.

Por apresentar seu sistema imunológico ainda em desenvolvimento além de possuir a tuba auditiva consideravelmente menor que a dos adultos, a dor de ouvido costuma ser mais comum em crianças, embora, claro, não quer dizer que a dor não possa surgir em todas as idades.

Embora, na maioria das vezes, o problema se resolva sozinho e em pouco tempo, é preciso ter muita cautela, pois o sintoma pode acabar se desenvolvendo e, por isso, o ideal é que se procure ajuda profissional, principalmente, se a dor continuar por mais de um dia evitando consumir qualquer remédio para dor de ouvido.

 Causas da dor de ouvido

Causas da dor de ouvido

Como já foi dito, a dor de ouvido é um sintoma que pode ter diferentes causas, por exemplo, a dor de ouvido em bebês é comum devido ao crescimento dos dentes, e o mesmo acontece com adultos quanto há o crescimento do siso, nesses casos, uma ida ao dentista vai resolver o problema.

Mas as causas podem ser muitas, dentre elas:

  • Resfriados
  • Lesão do canal auditivo (causado por cotonetes ou objetos pontiagudos)
  • Alergias
  • Barotrauma (problema causado pela variação de pressão , comum em viagens de avião)
  • Artrite na mandíbula
  • Problemas de mastigação
  • Bruxismo

Vale saber, no entanto, que nem sempre a dor de ouvido vem sozinha, e por ser um sintoma, é importante prestar atenção em possíveis causas, já que pode responder à determinadas condutas.  Vamos ver alguns exemplos:

  • Dor acompanhada de dor de garganta

São sinais clássicos de infecção de ouvido, nesse caso, geralmente, a dor ainda vem acompanhada de febre a partir dos 38°C. Para resolver o problema, uma ida ao médico será necessária, pois será preciso tomar antibióticos, que só podem ser recomendados por um médico especialista.

  • Dor de ouvido ao engolir

São sinais de infecção na garganta ou amídala, e nesses casos os tratamentos são feitos com anti-inflamatório.

  • Dor acompanhada de Tontura

Vale prestar atenção se a dor vem acompanhada de tontura, pois este é um sinal muito comum de labirintite (inflamação do ouvido interno), já que o labirinto é responsável pelo equilíbrio do corpo, e qualquer problema nessa região pode  causar tonturas e mal estar.

Vale saber que, na maioria das vezes, a doença é curada sozinha, embora haja tratamento à curto prazo, à base de hidratação e antibióticos.

  • Dor acompanhada de dor ao mastigar ou mandíbula

Dores na mandíbula ou dente siso podem causar dores no ouvido e isso porque a articulação está interligada com o ouvido e ao bocejar ou mastigar ambos acabam tendo o reflexo de dor.

Nesse caso, a dica para aliviar a dor é colocar bolsas de água quente, evitar mastigar (ingerir alimentos líquidos) e, claro, ir a um médico para um tratamento eficaz.

  • Dor após frequentar piscinas ou após o banho

É comum aparecerem sintomas de dores no ouvido quando o mesmo entra em contato com água sem o devido cuidado, mais exatamente, quando a água entra no ouvido.

Nesse caso, a dica é proteger o ouvido afetado, mantendo-o virado para o lado, para que a água escorra para fora ou, caso não resolva, fazer compressas com bolsa quente para que ela evapore.

E atenção, jamais coloque álcool (como antigamente receitavam) em pano quente, pois caso escorra para dentro do ouvido, pode causar sérios danos.

Vale também ter em mente que se a dor no ouvido surgiu após banhos de piscina e ela não passar após esses procedimentos básicos, então, nesse caso, será necessário procurar um médico, já que a dor pode ser consequência de infecção causada por água contaminada, muito comum em piscinas públicas e nesse caso não é qualquer remédio para dor de ouvido que servirá!.

Dicas para prevenir dor de ouvido

Dicas para prevenir dor de ouvido

Para evitar esse terrível transtorno que é a dor de ouvido, não custa nada seguir algumas dicas, básicas, que podem evitar erros bem comuns.

– Evite pegar chuva ou friagem. Resfriados e gripes são uma das causas da dor de ouvido, portanto, evite estar mal agasalhado em locais muito frio, com ventos e, principalmente, evite pegar chuva.

– Quando frequentar piscinas, evite ficar muito tempo dentro da água, a cada 40 minutos faça uma pausa de 10 minutos, ao menos, para que o canal do ouvido possa secar e com isso evitar a otite, infecções e ação de bactérias presentes na água.

– Quando surgir a sensação de água no ouvido evite usar cotonetes, para não acabar empurrando a água mais para o fundo e causar danos ainda mais sérios. A dica é manter o ouvido afetado virado para que a água escorra, e caso não consiga retirá-la, não coloque nenhuma solução no ouvido, procure um médico.

Tem algum remédio caseiro para dor de ouvido?

A boa notícia é que existem, sim, remédios caseiros para tratar a dor de ouvido. Mas, claro, se a dor continuar será necessário procurar a ajuda de um profissional, pois, como vimos anteriormente, muitas podem ser as causas da dor de ouvido, e os remédios caseiros para dor de ouvido que mostraremos agora, certamente, são para aquelas dores comuns e não casos de infecções que, vale saber, devem ser levados muito a sério e ter o acompanhamento de um médico especializado.

Remédios para dor de ouvido Caseiros

Inalação

Em caso de dor de ouvido por congestionamento, o remédio caseiro é procurar inalar vapor, pois isso pode ajudar a drenar o muco do nariz e da tuba auditiva.

Basta pegar uma bacia e uma toalha de banho. Na bacia, coloque água quente (fervendo) até a metade.

Essa água quente pode ser pura ou misturada com óleos essenciais como de eucalipto ou hortelã. Depois, coloque a toalha de banho entre a cabeça e a bacia, fechando a entrada de ar e, então, é só respirar o vapor da água quente.

Compressa quente

Já, para quem quer acalmar uma inflamação, a dica é apelar para compressa quente, pois as temperaturas quentes ajudam. A dica, portanto, é fazer uma compressa com um pano quente, para isso, basta mergulhar um pano limpo na água quente — mas não pelando —, torcê-lo e depois colocá-lo sobre o ouvido que está doendo.

Quem quiser, também pode intercalar a compressa quente com uma compressa fria, cada uma durando 15 minutos.

Fazer movimentos com a boca

Outra dica é movimentar muito a boca, já que a tuba auditiva se abre com os movimentos da mastigação, bocejo, entre outros, até mesmo, mascar chiclete e outros alimentos pode ajudar a igualar a pressão no interior do ouvido.

Melhor remédio para dor de ouvido?

Melhor remédio para dor de ouvido?

Nunca é demais ressaltar que a dor de ouvido pode ter várias causas, por isso, é impossível citar o melhor remédio para a dor de ouvido, porém, é possível apontar diferentes tratamentos para diferentes causas, por exemplo, em casos de infecção bacteriana, com certeza, o tratamento será com um antibiótico mais adequado para a situação e, claro, receitado pelo médico.

Mas nem sempre a dor é causada por alguma infecção, portanto, não precisa ser tratada com antibióticos. Em casos de inflamação, por exemplo, os medicamentos usados são anti-inflamatórios, que além de tratar a inflamação ainda irá ajudar a aliviar a dor.

Em casos de congestionantes, por exemplo, será receitado um descongestionante, que servirá para destrancar as vias aéreas e liberar a entrada de ar pela tuba auditiva.

E em casos de alergias, um anti-histamínico é a melhor solução.

Lista de remédios

Lista de remédios

Bem, agora que já vimos que as causas podem ser várias, vamos mostrar aqui quais são os remédios para dor de ouvido mais receitados:

  • Deocil
  • Dipirona
  • Lidosporin
  • Nimesulida
  • Otomicina
  • Otosporin
  • Otosynalar
  • Panotil
  • Tramal
  • Loratadina

Zumbido no ouvido causas

Zumbido no ouvido causas

Muitas vezes confundido com dor de ouvido é o zumbido no ouvido, ou acúfeno, tinnitus ou tinido, que, na verdade,  é um sintoma que pode aparecer após exposição à ruídos excessivamente altos, ou outros tantos motivos, e logo desaparecer, mas, as causas podem ser mais sérias e o zumbido ser até constante.

O zumbido pode ter som semelhante de abelha, panela de pressão, chiado, cigarra, sirene, entre outros sons relatados.

O fato é que esse problema, embora não apresente dor, é muito desagradável e, mesmo que, na maioria das vezes, seja algo momentâneo e sem maior importância, em alguns casos, esse zumbido pode durar anos e causar várias complicações, inclusive ansiedade ou depressão.

Estudos indicam que o zumbido no ouvido crônico está associado com lesões neurais (cérebro e nervo) que afetam o caminho auditivo e, portanto, a capacidade de alguém ouvir sons.

Algumas possíveis causas do zumbido:
Algumas possíveis causas do zumbido

– Exposição a grande quantidade de “poluição sonora”;

– Dano no nervo;

– Sobredosagem em certos medicamentos prescritos, uso de drogas ou consumo excessivo de álcool, que pode causar alterações neurológicas;

– Tumores do nervo craniano que afetam partes do cérebro conectadas ao som e à audição;

– Anemia;

– Histórico de distúrbios do ouvido ou infecções de ouvido;

– Transtornos cardiovasculares que afetam o fluxo sanguíneo, as artérias e os nervos;

– Infecções respiratórias;

– Ansiedade aguda, insônia ou depressão;

– Perda auditiva ligada ao envelhecimento.

A dica, portanto, é prestar muita atenção nos sintomas e procurar orientação médica.

Como tratar zumbido no ouvido

No geral, o zumbido no ouvido pode aparecer por diversos fatores e assim como veio, ir embora sem grandes consequências.

Por outro lado, se o sintoma aparecer sem motivo aparente, e persistir, o aconselhável é procurar um médico, só um profissional poderá indicar o melhor tratamento para as diferentes causas.

Como prevenir o Zumbido no ouvido

Segue abaixo uma lista com as principais dicas de como prevenir o zumbido no ouvido:

  • Evite ruídos muito altos e por muito tempo;
  • Não use cotonetes;
  • Nunca use remédios sem prescrição médica;
  • Evite usar drogas ou álcool;
  • Trate corretamente inflamações.

Não é demais lembrar que se surgir o sintoma e o mesmo persistir, não hesite em

procurar orientação médica.

Conheça o método para acabar de vez com esse Zumbido

Com ele você vai aprender técnicas simples e comprovadas para acabar com o Zumbido no ouvido, evitando se automedicar com qualquer remédio para dor de ouvido assista ao vídeo e confira:

Após assistir o vídeo você poderá visitar o site oficial caso queira comprar.

botão_Compre_Agora amarelo

Leave a Reply